HotSpot

O começo

Por Adriana Leite | Médica Dermatologista e Fundadora

Nascida em São Paulo há 47 anos, desde minha infância aprendi com meus pais a amar e respeitar os animais. Tive coelhos, pássaros, cães, gatos, peixes e tartarugas e com eles aprendi que temos todos um fator inexplicável em comum chamado vida.

Somos todos tão diferentes e semelhantes ao mesmo tempo. Respiramos para viver, temos fome, sede, sono, dor, prazer, mas cada qual se relaciona com o meio à sua forma.

E partindo do principio que todos têm sua razão de existir, coabitando o mesmo planeta, temos o mesmo direito a ele, e todos, sem diferenças, merecemos respeito.

Me formei médica, me especializei em dermatologia, sempre com a missão de cuidar.

Cuidar de pessoas, mas de todas as outras formas de vida também. Por que não?

E durante minha jornada profissional me deparei com situações conflitantes. Nas aulas de fisiologia não me sentia confortável ao ver animais sendo mortos somente para demonstrar como seus corpos funcionavam.

Na técnica cirúrgica, vi animais de rua, já desprovidos da sorte de ter um lar, serem utilizados para treinamento e posteriormente executados e descartados como “modelos de experimentação”. Para quê? me perguntava. Quanto aprendizado tive ao suturar um animal, ao abrir seu peito somente para testar uma técnica jamais reaplicada para minha espécie?

Ao passar um tubo em sua garganta para anestesiá-lo sem ter nunca a certeza que ele realmente estava sem dor?  Como sabê-lo?  Quão “útil” perder uma vida foi para eu me formar “profissional” da saúde?

Quando escolhemos nos tornar médicos essa escolha de alma baseia-se em cuidar, em se importar com o sofrimento do outro e buscar soluções para aliviá-lo. Por isso passamos anos estudando para entender um pouco do milagre que é o corpo, seja humano, seja animal.

E quanto mais estudamos mais entendemos que esse conhecimento é infinito, pois a cada instante descobrimos novos mecanismos e, muitas vezes, aquilo em que acreditávamos se mostra diferente, e por isso o saber é algo momentâneo. O que é verdadeiro hoje pode cair por terra amanhã. Precisamos nos atualizar e reavaliar nossos conceitos sempre. Mas um conceito invariável é o respeito á vida.

Se no início do século acreditávamos que o uso de animais para testes na indústria farmacêutica e cosmética nos protegeria, hoje sabemos que muitos dos testes realizados em outras espécies, quando traduzidos para o corpo humano, se mostram muito diferentes. Quantos medicamentos testados em animais ao serem colocados no mercado se mostram maléficos?

E na indústria cosmética isso faz menos sentido ainda.

Para podermos usar shampoos, sabonetes, hidratantes, maquiagem, desodorantes e sprays de cabelo precisamos cegar, ferir, causar dor para nos sentirmos seguros para utilizar esses produtos e nos sentirmos “Belos” uns perante aos outros?

Beleza é outra coisa.

Beleza é respeito, é cuidado, é caráter. É cuidar de si mesmo com amor e replicar esse amor a todos e tudo que está à nossa volta. É cuidar do ambiente que vivemos, da água, do solo, do ar. É sorrir mais e reclamar menos. É ser generoso, solidário, grato ao que recebemos de graça desde que chegamos aqui, ser grato á vida.

A minha proposta através do projeto Cosm-Éticos é buscar a beleza com ética.

É replicar o cuidado, o respeito, eliminando o uso dos animais para testes na indústria cosmética.

É poder orientar meu paciente a fazer a melhor escolha na compra de seus produtos, e ter a leveza em saber que este é livre de crueldade.

Podemos sim ter produtos eficazes, seguros e que colaborem com o planeta à partir do momento que haja cuidado com seus métodos de obtenção, produção e distribuição.

O cuidado pode estar no todo, no trabalho honesto sem exploração, na reciclagem das embalagens, na clareza dos rótulos. Isso nos dá real liberdade de escolha de acordo com aquilo que acreditamos. Não precisamos ser coniventes, precisamos ter crença em novos valores.

Aqui na Cosm-Éticos temos a missão em informar, compartilhar conhecimento e ajudar você a fazer a escolha mais ética.

A indústria se aproximará do consumidor mostrando suas ações, mostrando seu processo evolutivo desde a elaboração de seus produtos até suas ações institucionais e de sustentabilidade.

O dermatologista terá uma fonte de informação referente ao nosso universo cientifico com artigos e revisões.

SEJAM TODOS BEM VINDOS À COSM-ÉTICOS

JUNTOS PODEMOS MAIS.

O NOSSO PLANETA AGRADECE.

Dra Adriana Leite

Fundadora Cosm-Éticos

CRM 81863 / RQE 39159

Clínica Adriana Leite All Beauty Co

Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica

Mais Notícias: